Acompanhe nossa WebTV - Entrevistas e vídeos oficiais

WebTV Mês da Fotografia

terça-feira, 31 de julho de 2012

Mês 2012 inicia com bate-papo entre fotógrafos

Para dar início ao Mês da Fotografia 2012, os fotógrafos Palê Zuppani e Du Zuppani (SP) estarão no SESC Gama nesta terça-feira (31), às 20h, para conversar com a platéia. Num bate-papo descontraído, eles contam para o público sobre seus trabalhos e suas trajetórias profissionais.

 

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Programação Mês da Fotografia 2012


        Neste ano o Mês da Fotografia brinda o público com uma programação intensa e variada, para agradar a todos os gostos. O Distrito Federal vira no mês de agosto uma grande galeria e fonte de inspiração para os diversos artistas e aspirantes no mundo das imagens. Palestras, workshops, oficinas lúdicas nas escolas, além de exposições diversas estarão à disposição de forma gratuita para toda a população. É a democratização da arte fotográfica, objetivo do evento.  



Foto Márcio Cabral 
O Centro Oeste: o Homem, a Cultura e o Meio é o tema do Mês, definido a partir da necessidade de apresentar e valorizar a produção fotográfica da região, proporcionar o encontro de fotógrafos e propor, por meio da fotografia, a reflexão sobre as questões humanas e ambientais que envolvem a região Centro-Oeste.


Foto Cristiano Costa
O tema traz em seu conteúdo as relações da região com o homem, suas atividades e comportamentos tanto no meio urbano quanto no rural; as relações com a cultura e suas manifestações materiais e imateriais; assim como as relações da natureza com a ocupação humana e os costumes culturais.

Essa também é a temática da exposição que acontece a partir do dia 02 de agosto na Galeria Térreo do Museu da República até o fim do mês. Trata-se de uma coletiva inédita que contará com o trabalho de 113 fotógrafos profissionais e apaixonados pelo Centro-Oeste.


Foto Izan Petterle
Eles protagonizam, ainda, o Primeiro Encontro de Fotógrafos do Centro-Oeste, que vai discutir, durante os dias 02 e 03 de agosto, no Auditório do Museu Nacional, assuntos ligados às políticas públicas e à realidade da fotografia em cada estado. Representantes da Confederação Brasileira de Fotografia (CONFOTO), da Rede de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil (RPCFB), Sindicato dos Fotógrafos e Cinegrafistas Profissionais Autônomos (SINFOC/DF) e Lente Cultural Coletivo Fotográfico compõem a mesa de discussões.

Confira a programação completa:

1.    Exposições Fotográficas Outdoor – Período de 16/7 a 30/8/2012

Ø  Exposição Coletiva – Cerrado
Autor: Lente Cultural Coletivo Fotográfico (BSB)
Locais: Estações do Metrô Rodoviária (Plano Piloto) e Praça do Relógio (Taguatinga).

Ø  Exposição Coletiva – Cultura Candanga
Autor: Candango Fotoclube (BSB)
Local: Gama Shopping.

Ø  Exposição com Fotos Gigantes - Caubóis do Pantanal
Autor: IzanPetterle (MT)
Locais: SESC SCS, 504 Sul, 913 Sul, Ceilândia e Gama.

2.    Exposição Fotográfica Coletiva dos Fotógrafos do Centro-Oeste – Período de 01 a 30/8/2012

Ø  Exposição Coletiva – O Centro-Oeste: o Homem, a Cultura e o Meio – Local: Galeria Térreo do Museu Nacional do Conjunto Cultural da República.

3.    Exposições Fotográficas nas Unidades do SESC – Período de 01 a 30/8/2012

Ø  SESC 504 Sul
· Fotojornalismo com Caráter. Autor: João Bittar (in memorian) – Organização e Curadoria: Egberto Nogueira

Ø  SESC Gama
· Seres de Movimento em Águas Pantaneiras. Autores: PalêZuppani e Du Zuppani (SP).
· Pinhole – Alunos Oficina Lúdica – Foto Lata.

Ø  SESC Ceilândia
· Iogues Dissidentes. Autor: Olivier Boels (BSB).
· Coleção Terra Vermelha - Marcha para o Oeste. Organizador: Roberto Castello (BSB).
· Patagônia, La Indomable. Autor: Márcio Cabral (BSB).
· Pinhole – Alunos Oficina Lúdica – Foto Lata.


4.    Palestras, Encontros com Autores e Saídas Fotográficas – Período de 01 a 30/8/2012

Ø  31/7 – 20hs – Encontro com Autor – Palê Zuppani e Du Zuppani (SP)
Local: SESC Gama. Mediador: Plínio Ricardo

Ø  1/8 – 20hs - Conferência de Abertura – Fotógrafo Juan Molina (Cuba) – Tema - A produção do discurso fotográfico
Local: SESC Ceilândia. Mediador: Anelise Molina

Ø  2 e 3/8 – 9hs – Encontro dos Fotógrafos do Centro-Oeste
Local: Auditório II do Museu Nacional
Painelistas: Ourivaldo Barbosa (CONFOTO), Iatã Canabrava (RPCFB), Ana Alice (SINFOC), Eraldo Peres (Lente Cultural) e Minc – Secretaria de Fomento e Secretaria de Economia da Cultura

Ø  2/8 – 19hs – Abertura da Exposição Fotográfica Coletiva dos Fotógrafos do Centro-Oeste
Local: Galeria Térreo do Museu Nacional
Ø  3/8 – 9hs – Encontro dos Fotógrafos do Centro-Oeste
Local: Auditório II do Museu Nacional

Ø  3/8 – 14hs – Arrastão Fotográfico com o Candango Fotoclube
Local: Museu Nacional

Ø  3/8 – 20hs – Palestra sobre a Exposição – Fotojornalismo com Caráter – Homenagem ao Fotógrafo João Bittar
Local: SESC 504 Sul

Ø  7/8 – 9hs – Saída Fotográfica com a Escola Brasiliense de Fotografia
Local: Rodoviária - CONIC

Ø  7/8 – 20hs – Encontro com Autor – Grupo de Fotografia A Escrita da Luz (AM)
Local: SESC Gama. Mediador: FloranceDravet

Ø  8/8 – 20hs – Palestra – João Wainer (SP)
Tema: Foto-vídeo e a criação de uma nova linguagem: A Experiência da TV Folha
Local: SESC 504 Sul. Mediador: Thiago Sabino e Alex Vidigal

Ø  9/8 –20hs – Encontro com Autor – Márcio Cabral (BSB)
Local: SESC Ceilândia. Mediador: Rafael Castanheira

Ø  10/8 – 20hs – Encontro com Autor – Fotojornalistas de Brasília
Local: SESC 504 Sul. Mediador: André Dusek

Ø  14/8 – 9hs – Aulão de Fotografia com a Escola Brasiliense de Fotografia
Local: Museu Nacional.

Ø  14/8 – 20hs – Palestra – Olivier Boels e Lena Tosta (BSB)
Tema: Imagens e Imaginários
Local: SESC Ceilândia. Mediadores: Anderson da Mata

Ø  15/8 – 20hs – Encontro com Autor – Fotojornalistas de Goiás
Local: SESC 504 Sul. Mediador: Orlando Brito

Ø  16/8 – 20hs – Encontro com Autor – Roberto Castello (BSB)
Tema: Coleção Terra Vermelha - Marcha para o Oeste
Local: SESC Ceilândia. Mediador: Usha Velasco

Ø  17/8 – 20hs – Encontro com Autor – IzanPetterle
Tema: Caubóis do Pantanal
Local: SESC Gama. Mediador: Eraldo Peres

Ø  21/8 – 20hs – Encontro com Autor – Fotógrafos Universitários – Trabalhos dos Grupos da Católica e do IESB
Local – SESC Ceilândia. Mediadores: Lourenço Cardoso e Bernadete Brasiliense

Ø  22/8 – 20hs – Palestra - João Telles (BSB)
Tema: O mercado da Fotografia de Moda em Brasília
Local: SESC 504 Sul. Mediador: Márcia Rocha e Cleber Medeiros

Ø  23/8 – 20hs – Encontro com Autor – Plínio Ricardo e Bruno Stuckert (BSB)
Tema: Entretanto – Local – SESC 504 Sul. Mediador: Anelise Molina

5.    Workshops nas Unidades do SESC – Período de 1 a 19/8/2012

Ø  4/8 – 10hs - Candango Fotoclube (BSB) - Fotógrafo: Mauricio Zanin
Tema: Introdução a Fotografia de Estúdio
Local: SESC Gama.

Ø  5/8 – 10hs – Candango Fotoclube (BSB) –Bruno Costa
Tema: Linguagem Fotográfica
Local: SESC 504 Sul.

Ø  11/8 – 10hs – Workshop - Escola Brasiliense de Fotografia (BSB)
Tema: Fotografia de Corpo - Com Anelise Molina e Thiago Sabino
Local: SESC Ceilândia.

Ø  12/8 – 10hs – Workshop - Escola Brasiliense de Fotografia (BSB)
Tema: Lomo com criatividade- Com Fernando Bizerra e Samuel Paz
Local: SESC 504 Sul.

Ø  18 e 19/8 – 10hs – Egberto Nogueira e Alexandre Monteiro (SP)
Tema:Fotos, Produção e Edição para Vídeos Documentários – Módulos I e II
Local: SESC 504 Sul.


6.    Oficinas Lúdicas – Período de 1 a 19/8/2012

Ø  30/07 a 03/08 - Projeto Fotolata – José Rosa (BSB) – Fotografia Pinhole. Local - SESC Ceilândia.

Ø  06  a 10/08 - Projeto AváMarandú (MS) – Fotografia e Cultura Indígena – Locais – Regionais de Ensino Gama e Ceilândia.

Ø  14 a 17/08 – Dirceu Maués (BSB) – Construção de Câmeras Artesanais. Local - SESC Ceilândia.

Ø  21 a 24/08 – Dirceu Maués (BSB) – Construção de Câmeras Artesanais. Local - SESC Gama.

Encontros com o autor - Palê Zuppani e Du Zuppani


Amanhã começa oficialmente o início da programação do Mês da Fotografia 2012. E para dar início aos trabalhos, os fotógrafos Palê Zuppani e Du Zuppani (SP) estarão no SESC Gama nesta terça-feira (31), às 20h, para conversar com o público presente.

Foto Palê Zuppani
Eles são os autores da exposição “Seres de movimento em águas pantaneiras”. O ensaio contém 30 fotografias feitas, em sua maioria, no Pantanal Norte e Sul (Mato Grosso e Mato Grosso do Sul), entre 2008 e 2010, e poderá ser visto no SESC Gama a partir do dia 01 de agosto.

Foto Palê Zuppani
Serviço
Encontro com o autor - Palê Zuppani e Du Zuppani
Data/Hora: 31/07 às 20 hs
Local: SESC Gama
Mediador: Plínio Ricardo

Exposição “Seres de movimento em águas pantaneiras”
Curadoria: Zé Zuppani
Local: SESC Gama
Visitação: 01 a 30/08 - 09h às 18h

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Inscrições abertas para oficina de câmeras artesanais


O construtor de câmeras Dirceu Maués é reconhecido pelo seu trabalho artístico feito por câmeras artesanais pinholes. Em agosto, durante as atividades do Mês da Fotografia 2012, Dirceu realizará duas oficinas de construção de câmeras desse tipo. . As inscrições já estão abertas na página http://www.mesdafotografia.blogspot.com.br/p/oficinas.html.

O pinhole consiste numa maneira de ver uma imagem real, através de uma câmera escura. De um pequeno orifício onde a luz é captada para dentro da câmara, e sofrendo um movimento de inversão, a imagem é projetada para a parede oposta ao orifício. Para produzir uma imagem razoavelmente nítida, a abertura tem que ser um furo pequeno.

As câmeras pinhole são normalmente feitas à mão para um propósito particular. Em sua forma mais simples, a câmera fotográfica pinhole consiste de uma caixa com um furo em um dos lados e um pedaço de filme ou papel fotográfico no lado oposto. Um pedaço de papelão preso por fita adesiva pode servir como obturador. O furo geralmente é feito utilizando uma agulha de costura de diâmetro pequeno.  


Serviço:
Oficina Construção de câmeras artesanais – indicação livre.   
Instrutor: Dirceu Maués (DF)
Turma 1 - Ceilândia - 21 a 24/08 (Manhã - 8h às 12h) - 20 vagas
Local: SESC Ceilândia  
Turma 2 - Gama - 21 a 24/08 - (Tarde - 14h às 18h) - 20 vagas
Local: SESC Gama

Inscrições para workshops encerram dia 30


As inscrições para os workshops que serão ministrados no Mês da Fotografia 2012 se encerram na segunda-feira, dia 30 de julho. Todos os inscritos receberão uma mensagem de confirmação por e-mail e as instruções para participação em cada curso.

Para quem quiser aprender um pouco mais sobre fotografia, ainda dá tempo de se inscrever na nossa página: http://www.mesdafotografia.blogspot.com.br/p/workshops.html.

Não perca!

Degustação de impressoras para amantes da fotografia


Parceiras do Mês da Fotografia 2012, uma das empresas de maior renome no ramo de impressoras, a Epson, e a Emporium Sign, distribuidora oficial, estarão presentes no Museu Nacional do Conjunto Cultural da República, nos dias 2 e 3 de agosto, para apresentar aos amantes da fotografia, profissionais ou não, uma degustação com as impressoras da marca japonesa e os papéis Canson.

No stand, o público poderá conferir os modelos que atendem todos os tipos de necessidade. Um dos lançamentos será a Epson Stylus Photo R3000, que ganhou o prêmio "Impressora Européia de 2011-2012", da EISA.

Outro destaque vai para a Epson Picture Mate Charm, impressora portátil com tela colorida de 2,5 polegadas, onde se pode ver, selecionar e adicionar efeitos às fotos sem a necessidade de conectar a um computador. Além das impressoras, os papéis fotográficos e papéis de algodão da linha Canson Infinity, próprios para impressão Fine Art, também poderão ser vistos.  

Novidades do Mês da Fotografia 2012


Democratizar a arte fotográfica para os mais diversos públicos possíveis. Este é o objetivo principal da Terceira Edição do Mês da Fotografia, que acontece durante todo o mês de agosto de 2012 no Distrito Federal. Para o diretor executivo do projeto, Eraldo Peres, o evento tem como característica levar a fotografia para pessoas que normalmente estão à margem da produção cultural da cidade. “Nossa missão é democratizar a arte da fotografia, não somente pela gratuidade de todas essas atividades, mas também levando o evento para fora do Plano Piloto. Desta maneira, estamos atingindo lugares que estão fora da rota dos centros culturais, como Ceilândia e Gama”, explica.  

Foto Márcio Cabral - Exposição Patagonia, La Indomable

Neste ano, algumas novidades fora inseridas, como a parceira entre a Universidade Católica de Brasília, que terá seus alunos como monitores, e o Museu Nacional, local que será o palco pela primeira vez da exposição coletiva de mais de 100 artistas do Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O tema escolhido -- O Centro-Oeste: o Homem, a Cultura e o Meio – foi feito com a intenção de aproximar e articular os fotógrafos do centro-oeste, os protagonistas desta edição, que farão um grande encontro no dia 2 de agosto para discutir assuntos ligados às políticas públicas e à realidade da fotografia em cada estado. Também pela primeira vez as exposições serão feitas em Fine Art.

Foto Du Zupanni


Com vasta e intensa programação, o Mês da Fotografia 2012 promete transformar o Distrito Federal uma grande galeria e fonte de inspiração para os diversos artistas e aspirantes no mundo das imagens. Palestras, workshops, oficinas lúdicas nas escolas, além de exposições diversas estarão à disposição 100% gratuitas para a população do Distrito Federal. 


terça-feira, 24 de julho de 2012

Lançamento oficial do Mês da Fotografia 2012


Na manhã desta terça-feira (24), no SESC 504 Sul, foi feito a coletiva de imprensa e o lançamento da programação oficial do Mês da Fotografia 2012. Além da imprensa local, alguns dos participantes, como os fotógrafos Márcio Cabral, Olivier Boels, Dirceu Maués, José Rosa, Gisele Porcaro, Roberto Castello, a antropóloga Lena Tosta e membros da Lente Cultural Coletivo Fotográfico também participaram do evento.


Eraldo Peres, Adelmir Santana, Lena Tosta e Olivier Boels - Foto Sérgio Almeida 

O presidente do Conselho Regional do SESC-DF, Adelmir Santana, diz que a intenção é superar o público das edições passadas. No ano passado, 80 mil pessoas prestigiaram a mostra. O SESC do Distrito Federal, juntamente com a Secretaria de Cultura do DF, por meio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) – e o Museu Nacional do Conjunto Cultural da República são os realizadores do Mês da Fotografia 2012, que está em sua terceira edição, com a curadoria da Lente Cultural Coletivo Fotográfico.


Foto Sérgio Almeida

“A missão desse evento é sensibilizar e formar novos públicos. A difusão da fotografia é cada vez mais freqüente e aberta a todos. A nossa palavra é de incentivo. É um prazer participar desse evento pelo terceiro ano consecutivo”, afirmou Adelmir.

O diretor-executivo do Mês da Fotografia, Eraldo Peres, destacou que neste ano a programação está intensa e variada e que o tema foi especialmente escolhido para promover a fotografia da região. “Esse tema, Centro-Oeste: o homem, a cultura e meio, veio com intenção de valorizar a fotografia na região. A exposição coletiva vai acontecer com 113 fotógrafos do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal, e é uma semente, uma primeira mobilização”, explicou.

Para dar uma dimensão do evento, Eraldo mostrou os números: são 1.132 metros quadros de imagens em 393 fotografias nas 11 exposições indoor e outdoor, 177 fotógrafos participantes, 104 horas de apresentação e reflexão sobre a produção fotográfica, cinco palestras, nove encontros com autores, cinco workshops e sete oficinas lúdicas em escolas públicas. Também acontecerão saídas, arrastões e aulões fotográficos durante todo o mês de agosto.  

Ana Aline (Sinfoc), Adelmir Santana, Eraldo Peres e Juliana Valadares. 
Foto Sérgio Almeida

Além de toda a programação, acontece durante o Mês da Fotografia o primeiro Encontro de Fotógrafos do Centro-Oeste, que vai discutir, durante os dias 02 e 03 de agosto, no Auditório do Museu Nacional, assuntos ligados às políticas públicas e à realidade da fotografia em cada estado.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Coletiva de Imprensa Mês da Fotografia 2012



Nesta terça-feira, às 10h, no SESC 504 Sul, acontecerá a coletiva de imprensa e o lançamento oficial da programação do Mês da Fotografia 2012. Este já é o terceiro ano do evento, que acontece durante todo o mês de agosto no Distrito Federal.

O SESC- DF, juntamente com a Secretaria de Cultura do DF, por meio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC), e o Museu Nacional do Conjunto Cultural da República são os realizadores dessa edição que traz como tema O Centro-Oeste: o Homem, a Cultura e o Meio, e reúne, pela primeira vez, mais de 100 artistas do Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. A curadoria é da Lente Cultural Coletivo Fotográfico.

Vídeo Mês da Fotografia 2011


Para matar a saudade do Mês da Fotografia de 2011, apresentamos um vídeo produzido pelo fotógrafo Egberto Nogueira e pelo editor Alexandre Montero com imagens que foram apresentadas no evento no ano passado. Ambos estarão novamente em Brasília, nos dias 18 e 19 de agosto, para o disputado workshop de produção e edição para vídeos documentários, no SESC 504 Sul.





Como incluir em seu repertório a imagem em movimento, como aplicar os recursos acoplados à tecnologia digital, como operar os novos equipamentos híbridos que filmam, captam áudio e fotografam e, principalmente, como pensar isso tudo são algumas das questões que serão tratadas no workshop ministrado pelo fotojornalista Egberto, da Ímã Galeria (SP). Alexandre irá abordar as questões mais técnicas, como o tratamento de imagens para vídeo, edição e montagem, além da finalização do vídeo para publicação.

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Candango Fotoclube no Mês da Fotografia 2012


O Candango Fotoclube é uma associação de fotógrafos amadores e profissionais de Brasília, fundada em 2006, com o objetivo de difundir a arte fotográfica e apoiar seu crescimento entre os seus associados e comunidade em geral. Neste ano, o fotoclube vai estar aumentar ainda mais a sua participação no Mês da Fotografia.  

Além da exposição coletiva com 21 “candangueiros”, como são chamados os membros do grupo, o Candango Fotoclube fará dois workshops e um “arrastão” fotográfico – a idéia é retratar outros ângulos da cidade, o dia a dia do brasiliense, e compartilhar as imagens.

Foto Cristiano Pecanha

Gisele Porcaro, presidente do fotoclube, explica que crescimento do Mês como evento é reflexo do fortalecimento da fotografia em geral, especialmente em Brasília. “A fotografia sempre foi mais forte em São Paulo, Rio de Janeiro e no Nordeste. Em Brasília, existiam grupos isolados. Com a aproximação de todos a fotografia fica mais forte. Isso é o grande ganho do Mês da Fotografia, não só de pessoas isoladas, mas do coletivo”, afirma.


Foto Emanoel Celestino

Confira a programação do Candango Fotoclube no Mês da Fotografia 2012:

Workshop Introdução a Fotografia de Estúdio
Instrutor: Maurício Zanin (Candango Fotoclube - DF)
04/08 – SESC Gama

Workshop Linguagem fotografia – O Punctum na fotografia ideal
Instrutor: Bruno Costa (Candango Fotoclube - DF)
05/08 – SESC 504 Sul

Arrastão fotográfico – Museu Nacional
Organizador: Gisele Porcaro (Candango Fotoclube - DF)
03/08 – Museu Nacional

Exposição coletiva Cultura Candanga
Autor Candango Fotoclube (DF)
Local: Gama Shopping
Visitação: 16/07 a 30/08 - De 10h às 22h

Encontros com o autor - Grupo A Escrita da Luz (AM)


Em abril de 2005, iniciava em Manaus um movimento fotográfico pioneiro na cidade, o Pinhole Day, que foi realizado de forma solitária pelos fotógrafos Alexandre Fonseca e Ione Moreno, recém-chegados ao Amazonas. Idealizaram a oficina de fotografia “A escrita da luz”, direcionada a crianças e adolescentes em risco social. O projeto durou cerca de um ano. Com o fim da oficina, os idealizadores reuniram ex-alunos e amigos fotógrafos no dia 24 de outubro de 2006 para a jornada fotográfica “Manaus Bem na Foto”, em comemoração ao aniversário da cidade. Neste momento nascia de fato o “A escrita da luz”, grupo de fotografia de Manaus, tornando-se o principal foco de aglutinação entre fotógrafos amadores e profissionais, e sendo o articulador do mais importante movimento fotográfico existente no Amazonas, o “Manaus Bem na Foto (MBF)”.



E é sobre este projeto que Alexandre e Ione irão conversar com o público, no SESC Gama, durante o Mês da Fotografia 2012. O MBF vem sendo desenvolvido há seis anos e leva a arte fotográfica para locais públicos como praças, ruas, escolas e, principalmente, as comunidades periféricas e ribeirinhas de Manaus.

Alexandre Fonseca dá oficina de fotografia na comunidade de Livramento (AM)

Com o passar dos anos, o projeto foi ganhando corpo e maturidade e transformou-se no maior festival de fotografia do Norte do Brasil: Manaus Bem na Foto – Festival Amazonas de Fotografia, com atividades como exposições, palestras, oficinas e jornadas fotográficas.

Ione Moreno divulgando projeto Olhares da Amazônia

Serviço:
Encontros com o autor - Alexandre Fonseca e Ione Moreno (AM) - Grupo A Escrita da Luz- “Manaus Bem na Foto, um sonho que virou realidade”
Mediador: Florence Dravet
07/08 – SESC Gama

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Exposição Iogues Dissidentes


O yoga quase todo mundo conhece. É um sistema de harmonização corpo-mente muito popular nas grandes cidades do mundo inteiro. Já os herdeiros contemporâneos desse conhecimento milenar, os sadhus, são muito pouco conhecidos, embora tenham um lugar cativo no nosso imaginário. Quem nunca ouviu falar de mestres indianos que vivem meditando no topo de montanhas nevadas, prontos para dar lições de vida àqueles que se aventuram a procurá-los? Os sadhus são os mais radicais entre tais iogues.

Olivier Boels e Lena Tosta durante visita a Maharaj Amar Bharti.
Eles são notórios praticantes de disciplinas como comer só uma vez por dia e vestir pouca ou nenhuma roupa nos rigorosos invernos do Himalaia, práticas comuns entre renunciantes, aqueles que rejeitam o modo de vida de mães e pais de família. Mas os sadhus, em especial aqueles das linhagens naga e aghori, levam esse estilo de vida um passo adiante, desafiam qualquer limite moral e físico imposto a seus corpos. Podem decidir fazer o voto de levantar o braço ou manter-se em pé por décadas a fio, realizar performances com o pênis em público, viver em campos de cremação e ingerir ritualmente carne humana. Para os iogues dissidentes, toda transgressão é bem-vinda, pois vivem no corpo o objetivo de transcender toda dualidade – entre o certo e o errado, o aceitável e o inaceitável, o possível e o impossível - e, em última instância, entreser mortal e imortal. A ideia é tomar um atalho para a iluminação, emancipar-se do ciclo de vidas e mortes que caracteriza o mundo para os hindus.

Segundo o principal interlocutor desse trabalho, Maharaj Amar Bharti, nagasadhu que mantém o braço elevado há 37 anos, a era contemporânea é de progressão exponencial dos ritmos cósmicos de dissolução da unicidade, uma período de crescente materialismo, sensorialidade e deslizamento de sentidos. Hoje o caminho dos sadhus se dá no contato direto com o mundo da vida, por meio de uma pedagogia performática e de uma técnica de (in)disciplinamento que desconstrói as dualidades de maneira jocosa e relativista. Por isso, o sagrado é acessível aos sentidos, está aparente no mundo manifestado, em todas suas cores e formas, em especial no corpo empoderado do asceta virtuose. E também na fotografia dele. Isto porque a fotografia foi incorporada à tradição dos sadhus como uma tecnologia de darshan, empoderamento através da visão. Segundo tal perspectiva, imagens produzidas, editadas e distribuídas sob os auspícios dos mestres, caso das imagens que apresentamos aqui, carregam consigo uma narrativa de si, sua intenção e, quiçá, a eficácia de sua presença. (Texto Lena Dias Tosta - curadoria e coautoria da exposição) 

Maharaj Amar Bharti mantém o braço levantado há 37 anos. Foto: Olivier Boels


Serviço:
Exposição "Iogues Dissidentes" 
Autor: Olivier Boels
De 01 a 30/08 – SESC Ceilândia

Workshop Fotografia de Corpo


Trazer a fotografia do corpo, seja ela o retrato, o nu, o detalhe ou macro, como um elemento que ajuda a compreender a pós-modernidade é a proposta do workshop Fotografia de Corpo, que será ministrado durante o Mês da Fotografia 2012.  Os instrutores são os professores da Escola Brasiliense de Fotografia Thiago Sabino e Anelise Molina.

Foto Anelise Molina

O corpo como objeto de arte, o corpo modificado, maculado. O corpo dito bonito. O corpo considerado feio. “Como vemos o corpo?” é a pergunta que serve como ponto de partida. As inscrições são feitas na página de workshops.  

Serviço:
Workshop Fotografia de Corpo
 Instrutores: Anelise Molina e Thiago Sabino (Escola Brasiliense de Fotografia - DF)
 Data: 11/08 - 10h
 Local: SESC Ceilândia
 Pré-requisito: Conhecimentos básicos de fotografia.
 Indicado para maiores de 18 anos.

terça-feira, 17 de julho de 2012

Exposição “Patagonia, La Indomable”


A exposição "Patagonia, La Indomable" apresenta ao público o trabalho de documentação do fotógrafo Márcio Cabral na região da Patagônia. Uma área com cerca de 800 mil quilômetros quadrados localizada no extremo sul do continente americano, englobando boa parte do Chile e da Argentina.

Foto Márcio Cabral

Os fortes ventos que caracterizam a região são oriundos principalmente do Oceano Pacífico. A maioria dos seus rios é alimentada pelo derretimento dos glaciares e geleiras das montanhas. O solo é formado basicamente por terrenos vulcânicos e sedimentares, que vêm sendo esculpidos pelas geleiras e rios e pelo vento.
  
Em várias expedições, Márcio registrou as magníficas paisagens da Patagônia, incluindo as geleiras, estepes e florestas caducifólias que se localizam nos Parques Nacionais Torres del Paine e Los Glaciares, considerados um dos mais belos parques nacionais do mundo, que podem ser vistos nas  imagens dessa exposição, produzidas entre 2011 e 2012.


Serviço:
Exposição “Patagonia, La Indomable”
Autor: Márcio Cabral  
Local: SESC Ceilândia - Foyer do Teatro Newton Rossi
Visitação: 01 a 30/08 - 09h às 18h